Site UFRJ

 

Alunos e ex-aluno da Politécnica desenvolvem projeto de mentoria e trabalho voluntário para melhorar a qualidade de vida da Ilha do Governador

Notícias
 
Premiados da Politécnica em 2020

Mesmo em meio às adversidades impostas pela pandemia, alunos e professores da Politécnica-UFRJ mantiveram a tradição de desempenho notável em várias frentes no ano passado. Do Grande Prêmio CAPES 2020 a vitórias de equipes de competição e reconhecimento para Fluxo Consultoria, como a melhor do país em alto crescimento, impacto e performance. As conquistas deste grande time vitorioso são motivo de orgulho para toda comunidade da Politécnica e da UFRJ.

- O pesquisador George Victor Brigagão, doutor pelo Programa de Engenharia Ambiental - PEA/POLI-EQ/UFRJ, um dos vencedores do Prêmio CAPES de Tese 2020, foi agraciado também com o Grande Prêmio CAPES. Esse prêmio contemplou a melhor tese em cada uma das três grandes áreas do conhecimento - Ciências da Vida, Humanidades e Exatas – selecionadas entre as 49 vencedoras do Prêmio CAPES de Tese 2020, o mais concorrido de todas as edições do prêmio, com 1.421 inscritos. Nessa edição, só havia a produção de George Brigagão representando a UFRJ entre as 49 premiadas.

Orientada pelos professores José Luiz de Medeiros e Ofélia de Queiroz Araújo, a tese tem o título “Alternativas tecnológicas para abatimento de carbono e eficiência energética: geração termelétrica, processamento de gás natural rico em CO2 e biorefinarias”.

- O aluno Bruno Pestana Rosa, do curso de Engenharia Elétrica, foi vencedor do 17° Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica do CNPq na área de Ciência Exatas, da Terra e Engenharias, com o trabalho "Impacto da geração eólica na inércia e estabilidade de frequência de sistemas de energia elétrica", orientado pela professora Tatiana Mariano Lessa de Assis, do Departamento de Engenharia Elétrica.

- Treze alunos da Politécnica da UFRJ conquistaram o Prêmio CAPES Talento Universitário 2019. Com o objetivo de reconhecer o desempenho dos estudantes que apresentam um elevado grau de conhecimento e desenvolvimento em suas áreas de estudo, a CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), premiou mil universitários de todo Brasil, que ingressaram em 2019.

- Lucas André dos Santos, aluno do curso de Engenharia Mecânica, venceu o prêmio “SPE Latin American & Caribbean Student Paper Contest”, da Society of Petroleum Engineers (SPE), na categoria graduação, e ficou em 2º lugar na etapa mundial, durante a conferência "SPE Annual Technical Conference and Exhibition (ATCE)". Foi orientado pelo professor Thiago Ritto, do Departamento de Engenharia Mecânica.

- Pela sexta vez, alunos da UFRJ conquistam prêmio internacional da Sociedade de Engenheiros de Petróleo (SPE). Um grupo formado por cinco alunos dos cursos de Engenharia de Petróleo, um de Mecânica da Escola Politécnica e um de Economia da UFRJ recebeu da SPE, o “Student Chapter Excellence Award”. A disputa reuniu mais de 120 equipes pelo mundo. A professora Juliana Baioco, do Departamento de Engenharia Industrial - Setor Engenharia de Petróleo, orientou o time.

- O Petro Team foi campeão regional pela quinta vez do PetroBowl. Organizado pela Society of Petroleum Engineers (SPE), o evento exige dos participantes conhecimentos na área de petróleo e rapidez para responder às perguntas da banca. O time de seis alunos foi orientado pelo professor Rafael Charin, do Departamento de Engenharia Industrial.

- A Minerva Baja conquistou o 2º lugar entre os Bajas e o 3º lugar geral na corrida virtual do “SAE Hydrogen Challenge 2020 durante a BW Expo”. O comitê organizador do desafio fez uma parceria com a Siemens para que fosse possível simular cada veículo e obter os dados dos carros em uma pista virtual. Com a simulação, foi possível verificar a melhor performance em pistas, dadas as particularidades de cada carro. Equipe orientada pelo Diretor Adjunto de Tecnologia e Inovação, Fernando Castro Pinto, professor do Departamento de Engenharia Mecânica.

- O 2º lugar na Ambev Competition, competição disputada por 80 equipes universitárias de todo Brasil, foi conquistado pela equipe MinervaBots. As etapas mobilizaram 14 alunos que tiveram a missão de solucionar um case com objetivo de criação de soluções para sociedade no contexto da pandemia, entre outros desafios. Orientação do professor Vitor Romano, do Departamento de Engenharia Mecânica.

- A equipe Minerva Civil conquistou a medalha de prata na classificação geral do 2º Concurso do Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA), que teve como tema “Segunda Ponte entre o Brasil e o Paraguai”. Foi a primeira vez que a equipe, formada por alunos de Engenharia Civil da Politécnica-UFRJ e de Arquitetura da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, ficou entre os três finalistas. No total, 33 alunos participaram das diversas etapas remotas da competição, sob orientação dos professores Sérgio Hampshire, Michèle Schubert Pfeil, Julio Torres, Leonardo Becker e Oscar Mendoza, do Departamento de Estruturas.

- A Minerva Rockets conquistou o 1º Lugar na categoria 2U/3U CubeSat, 2º Lugar na categoria 3km Solid Rocket Motors e 2º Lugar na categoria 3km Hybrid Rocket Motors, durante a Latin American Space Challenge. A equipe ficou em 3º lugar na Cubedesign, desafio organizado pelo INPE. Orientados pelos professores Otto Rettuno, do Programa de Engenharia Civil, Alexandre Landesmann, do Departamento de Estruturas da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, e Claudio Miceli, do Núcleo de Computação Eletrônica.

- Única equipe brasileira que representou o país na RoboSub, a UFRJ Nautilus conquistou o 9º lugar na competição internacional de AUVs (robôs submarinos autônomos), além do prêmio Holding Steady. A competição foi julgada a partir da entrega de paper técnico sobre a tecnologia, estratégia e funcionamento do AUV construído, assim como análise do site e vídeo da equipe. Foram orientados pelo professor Cláudio Micelli, do Núcleo de Computação Eletrônica.

- Reconhecida como a maior empresa júnior do país, a Fluxo Consultoria garantiu mais três premiações em 2020 pela RioJunior, Federação das Empresas Juniores do Brasil: 1° Lugar em Empresa Júnior de Alta Performance, Empresa de Alto Crescimento, e Empresa de Alto Impacto. A Fluxo é orientada pela Diretora Adjunta de Carreiras e Empreendedorismo, Alice Ferruccio, professora do Departamento de Engenharia Industrial.

- A Liga de Investimentos da Politécnica da UFRJ alcançou o 2º lugar no Desafio Quantamental, primeiro desafio de finanças quantitativas no Brasil. Criar um “robô” com a capacidade de operar investimentos foi a prova dos alunos Lucas Salek (Eletrônica e de Computação), Phelipe Francesco (Elétrica), Joaquim Cardoso (Engenharia Civil) e Daniel Elias (Naval).

22/03/2021
Escola Politécnica da UFRJ

 
 


 
     Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola Politécnica
     Av. Athos da Silveira Ramos, 149, CT - Bloco A, 2º andar - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
     CEP: 21941-909 - Caixa Postal 68529 - Telefone: + 55 - 21 - 3938-7010 - Fax: + 55 - 21 - 3938-7718
Desenvolvido por STI Poli