Site UFRJ

 

Coordenadora do curso de Engenharia Ambiental da Poli-UFRJ participa de workshop sobre reciclagem de resíduos plásticos na Argentina

Notícias
 
Alunos de Engenharia Nuclear da Poli-UFRJ ficam entre os melhores em competição internacional

Os alunos de graduação em Engenharia Nuclear da Escola Politécnica da UFRJ (Poli-UFRJ), Thiago Almeida e Lucas Schmidt, ficaram entre os finalistas da Olimpíada Nuclear Mundial, organizada pela World Nuclear University (WNU). A competição aconteceu no dia 1º de novembro, na sede da Agência Internacional de Energia Atómica, em Viena, na Áustria,tendo como vencedora a equipedo Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), unidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

“Mesmo não trazendo o troféu para casa, a participação na olimpíada serviu de ensino para ambos, que se desenvolveram bastante ao longo dos meses de trabalho. Tenho certeza de que foi uma oportunidade única para a formação profissional deles. Sem contar a oportunidade de conhecer a agência, uma cultura diferente, fazer novos contatos e aprofundar conhecimentos em outros campos da engenharia nuclear”, avaliou a professora da Poli/Coppe-UFRJ e orientadora, Andressa Nicolau.

A Olimpíada consistiu em três etapas anteriores à final. O estágio 1 desafiou os participantes a enviar um vídeo sobre qualquer aplicação de tecnologias nucleares.A equipe da Poli-UFRJ produziu um vídeo chamando atenção para dessalinização da água do mar. Já no estágio seguinte foi realizada uma entrevista oral para testar o conhecimento de tecnologias nucleares, habilidades de comunicação e motivação. “Essa etapa não valia pontos, mas poderia ter débito de pontos, caso tivéssemos um desempenho ruim na entrevista, o que não aconteceu”, lembrou o aluno Thiago, que reforça a importância de os futuros engenheiros terem fluência em outro idioma.

O estágio 3 exigiu que os alunos elaborassem um relatório sobre os resultados de uma pesquisa pública sobre Radiofármacos para apresentá-lo na etapa final, durante o Simpósio Internacional de Tendências em Radiofármacos, momento que sagrou a equipe do CDTN/CNEN como vencedora.

“A participação frequente de alunos da Poli-UFRJ em finais da olimpíada nuclear mundial mostra a competência da instituição em preparar alunos qualificados para o setor nuclear, e que estamos no caminho certo. Em 2015 uma de nossas alunas, a Alice Cunha, foi a campeã, e desde então temos participado de todas as edições da olimpíada. Além disso, a participação reforça que os alunos da UFRJ têm capacidade e formação melhor do que muitos outros alunos formados em países mais desenvolvidos que o Brasil”, concluiu a orientadora.

Confira o vídeo e o relatório apresentado pelos alunos da Poli-UFRJna Olimpíada.

22/11/2019
Escola Politécnica da UFRJ

 
 


 
     Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola Politécnica
     Av. Athos da Silveira Ramos, 149, CT - Bloco A, 2º andar - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
     CEP: 21941-909 - Caixa Postal 68529 - Telefone: + 55 - 21 - 3938-7010 - Fax: + 55 - 21 - 3938-7718
Desenvolvido por STI Poli