Site UFRJ

 

Coordenadora do curso de Engenharia Ambiental da Poli-UFRJ participa de workshop sobre reciclagem de resíduos plásticos na Argentina

Notícias
 
Saúde Mental no Ensino Superior: como anda a sua?

Privação do sono, problemas financeiros, competição com outros alunos, baixo rendimento nas disciplinas, dificuldades em gerir diferentes responsabilidades como trabalho e estudo são apenas alguns dos fatores que podem influenciar na saúde mental dos universitários. Para debater o assunto, Thiago Pinheiro, psicólogo e terapeuta cognitivo-comportamental, expôs na Semana da Saúde Mental da Poli-UFRJ, realizada de 16 a 20 de setembro, um panorama abrangente sobre o tema que afeta os universitários.


Foto: Moises Colares - Decania do CT UFRJ

Na ocasião, ele apresentou descrições para quatro possíveis transtornos. Vale lembrar que ao desconfiar de algum dos sintomas que possam estar prejudicando a própria saúde mental ou de algum colega, a orientação é procurar um profissional da saúde especializado, como psicólogo e psiquiatra.

Confira os sintomas para algumas doenças, de acordo com o DSM-5 (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais):

Depressão

• Humor deprimido na maior parte do dia
• Perda do interesse e do prazer nas atividades
• Alteração do apetite
• Dificuldade para dormir ou sonolência constante
• Cansaço e perda de energia
• Sentimentos de ser inútil, sentir culpa excessiva, falta de esperança.
• Agitação ou retardo motor (percebido por outras pessoas).
• Dificuldade para pensar, se concentrar, tomar decisões.
• Pensamentos recorrentes sobre morrer, desejo de aliviar o sofrimento, pensar em comopoderia fazer isso.

Transtorno de Pânico

• Ocorrência de ataques de pânico, sendo um surto de medo intenso e desconforto apresentando diversos sintomas (coração acelerado, sudorese, tremores, falta de ar e sufocamento, náusea, tontura, medo de morrer ou perder o controle).
• Preocupações e medo de ter novos ataques de pânico e de suas consequências.
• Mudança de comportamento a fim de evitar os ataques.

Ansiedade Social

• Medo e/ou ansiedade exagerado diante situações sociais em que possa se sentir avaliado por outras pessoas.
• Medo de demonstrar para outras pessoas que está ansioso e ser avaliado negativamente por isso.
• As situações sociais quase sempre geram ansiedade e medo.
• As situações sociais são evitadas ou suportadas com intenso medo e ansiedade.

Ansiedade Generalizada

• Ansiedade e preocupações excessivas, ocorrendo na maior parte do tempo sobre os mais diversos assuntos.
• Sensação de ser difícil controlar as preocupações.
• Apresenta sintomas como se sentir a com nervos à flor da pele, inquietação, fadiga, dificuldade para se concentrar, sensação de branco, irritabilidade, tensão muscular e dificuldades para dormir.

 

26/09/2019
Escola Politécnica da UFRJ

 
 


 
     Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola Politécnica
     Av. Athos da Silveira Ramos, 149, CT - Bloco A, 2º andar - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
     CEP: 21941-909 - Caixa Postal 68529 - Telefone: + 55 - 21 - 3938-7010 - Fax: + 55 - 21 - 3938-7718
Desenvolvido por STI Poli