Site UFRJ

 

Coordenadora do curso de Engenharia Ambiental da Poli-UFRJ participa de workshop sobre reciclagem de resíduos plásticos na Argentina

Notícias
 
Conselho de Extensão do CT questiona proposta que visa a estabelecer novas Diretrizes de Extensão nacionais

No dia 17 de setembro, aconteceu em Brasília-DF uma audiência pública convocada pelo presidente da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação para apresentar e discutir a minuta do projeto de resolução que estabelecerá as diretrizes para a política de extensão na educação superior nacional. Determinados pontos da minuta foram amplamente debatidos, gerando um questionamento acerca da maturidade da proposta apresentada e de sua aplicabilidade em nível nacional.

O Conselho de Extensão do Centro de Tecnologia também se opôs ao procedimento da Pró-reitoria de Extensão da UFRJ. A PR-5 não informou a comunidade acadêmica a respeito da audiência pública da qual participou no dia 17 de setembro. Para a Poli-UFRJ, os impasses referentes à preservação do ensino e da pesquisa não podem passar alheios ao apreço dos alunos e dos professores.

No comunicado abaixo, o Conselho de Extensão do Centro de Tecnologia se posiciona contra o projeto de resolução. Leia:

COMUNICADO DO CONSELHO DE EXTENSÃO DO CENTRO DE TECNOLOGIA (CT)

Referente à audiência pública convocada pelo presidente da Comissão da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE), realizada em 17 de setembro de 2018, às 13 horas em Brasília, DF, com o objetivo de discutir e apresentar a Minuta de Projeto de Resolução que estabelecerá as Diretrizes para a Política de Extensão na Educação Superior Brasileira, contando com a presença na mesa de audiência da Pró-Reitora de Extensão da UFRJ, também membro da subcomissão responsável pela construção, união das ideias e pensamento político sobre extensão que serviram como base para o documento apresentado.

O Conselho de Extensão do Centro de Tecnologia da UFRJ torna público que:

(1) Reconhece a importância de se estabelecer um documento que defina nacionalmente as diretrizes de Extensão, mesmo diante da alta complexidade do tema, devido às especificidades e diversidades das atividades de Extensão
na Educação Superior;

(2) Considera que a participação direta da Pró-Reitora de Extensão da UFRJ teria sido muito mais efetiva se houvesse sido precedida de ampla divulgação desse fato na sua própria Universidade com oportunidade de colher sugestões ao documento;

(3) Sugere que os posicionamentos da UFRJ sobre tal assunto em âmbito externo sejam precedidos de ampla discussão na Plenária de Extensão e nas Unidades e Centros da UFRJ;

(4) Considera que o documento apresentado pela subcomissão do CNE encontra- se ainda distante de um texto que sirva como uma diretriz para a Política de Extensão na Educação Superior Brasileira;

(5) Reitera que o documento apresentado necessita de ampla análise direta das comunidades que constituem a educação superior brasileira, para que se tenha uma diretriz menos restritiva e abrangente, quebrando-se as amarras impostas sobre aspectos sociopolíticos interpretativos da extensão, e assim criar uma proposição nacional em consonância com o modelo de extensão amplamente reconhecido e já praticado em todo o país;

(6) Sugere que as IES’s tenham tempo para a discussão, definindo-se um calendário para seminários e debates sobre Extensão universitária, bem como novas audiências públicas, tudo com o objetivo de se obter um consenso
mínimo sobre tema, que é tão importante quanto sujeito a interpretações diversas. Acreditamos que o amplo debate é a forma mais adequada para que se possa construir uma diretriz abrangente, modelando a real integração da sociedade e a academia, criando-se assim uma proposição nacional que esteja em consonância com os diferentes modelos de extensão já amplamente reconhecidos e praticados em todo o país.

23/10/18
Escola Politécnica da UFRJ

 
 


 
     Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola Politécnica
     Av. Athos da Silveira Ramos, 149, CT - Bloco A, 2º andar - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
     CEP: 21941-909 - Caixa Postal 68529 - Telefone: + 55 - 21 - 3938-7010 - Fax: + 55 - 21 - 3938-7718
Desenvolvido por STI Poli